domingo, 16 de junho de 2013

Tantos Desatinos - Poesia

Na minha estupidez cometi tantos desatinos,
Mas percebi não dar para viver sem você.
Nossas brigas nos causaram sofrimentos,
Apesar de tudo te amo muito, sem lamento.

Quando eu lhe provocava era por amor!
Você ficava nervosa e desconfiada.
Eu no meu canto sentindo um pavor!
Com medo de ver você ataviada.

Nas andanças da vida, eu nunca fui assim...
Mas com você foi tudo diferente...
O meu coração parecia que estava oco,
Não sei se é loucura da minha mente!

O vazio que senti mostrou o real sentimento,
Eu não posso mais viver sem você.
Vamos esquecer o que passou recomeçar a vida!
Proponho rever tudo, antes do fim do relacionamento. 

Um comentário:

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, um bom texto para conseguir uma nova chance! Abraçosss