sábado, 10 de agosto de 2013

Nossa Vida - Poesia

Quão bela é a nossa vida
Nela passamos encantando
Agindo como pessoa amiga
Felizes aos outros amando

Jamais seremos como flores
Que murcham quando arrancadas
Alegria não cessa nos seres
Mesmo sendo pessoas carrancudas

A ternura existe em quem ama
A vida é leve com aura branda
No caminho branco como a alva
O poema alivia a pobre alma

Serei o que tu quiseres
Desde que rendida ao amor
Meu sangue por você ferve
Sinto gratidão por você existir

3 comentários:

Lucinalva disse...

Olá Djalma

Passando por aqui para te desejar um feliz dia dos pais. Que o Senhor te abençoe ricamente varão valoroso. Bjs

fus disse...

Me gusta como entiendes la vida. Un hermoso poema. Enhorabueba

un abrazo

fus

Trilhamarupiara por Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, linda poesia, sem duvida a ternura só existe em quem ama! Abraçosss Amor e Paz!