sábado, 12 de outubro de 2013

As Crianças - Poesia

Criança eterna esperança
Alegria de todo lar
Presença certa no Reino do Pai
Anjo enviado por Deus a nos alegrar

Todos já fomos também anjos
Quando éramos simples crianças
Vivíamos com os nossos sonhos
Muitos que quase não se alcançam

Vivem no eterno presente
Amam assim como os animais
Pureza é palavra de ordem
Perdoam até os mais cruéis

Inocência que precisa de proteção
Pra quê antecipar os acontecimentos
Deixe-a na sua vontade de coração
Criança quer apenas ser criança

2 comentários:

Ateliê Tribo de Judá disse...

Olá meu querido,
Sempre uma linda e propícia poesia.
Desejo-lhe dias lindos cheio do encantamento da criança que habita em ti, que transborda em tuas inspirações .
beijos
Joelma

Lia Noronha disse...

Djalma: bela homenagem.a esse ser que nasce ...vive...e peramos que nunca morra...dentro da gente!!!abraço Dominicais a ti.