sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Para Deus - Poesia

Alguns clamam por uma salvação momentânea,
Loucos! Amanhã podem pedir as suas vidas.
Acreditam num positivismo mentiroso,
Vivem de declarações afirmativas...
Creia! Sem desistir jamais...
A sua fé contempla a boa vontade de Deus,
Em primeiro lugar as coisas do alto,
Depois tudo lhe será acrescentado...
Olhais os lírios dos campos,
Veja com eles crescem sem serem tratados,
Nem Salomão se vestiu como eles,
Na sua glória de rei muito abastardo!
Não há nada impossível para Deus,
Ele sonha os nossos sonhos.
Esperança é palavra de ordem aos seus,
Uma realidade futura com rigor.
As estrelas cadentes, o brilho do sol...
O luar imponente, a brisa no rosto!
A vontade do Pai, o comando de tudo!
O filho no ventre, o sábio e o casmurro.
Tudo o que eu vivo é para glória de Deus.

2 comentários:

nelma ladeira disse...

Goste Djalma linda poesia,amei.
Beijinhos e um ótimo fim de semana.

Lia Noronha disse...

djalma: belas e edificantes palavras..que calam fundo em nossa alma!! abraços carinhosos de bom fim de semana pr ati