quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Quando... - Prosa Poética


Quando eu tenho saudades de alguém, sinto tristeza por não poder revê-la novamente... quando as lágrimas caem dos olhos e correm pelo rosto, é sinal de eternas lembranças...!

Quando eu vejo as fotos já amareladas é sinal que tudo já passou há décadas... quando a nostalgia bate a porta, eu lembro de coisas guardadas na memória, mas esquecidas pelo tempo...!

Quando a dor do passado bate forte, expressa sem piedade a presença viva inexistente... quando essa dor apresenta a sua face cruel, torna angustiante e aflito o coração...!

Quando a saudade é um vasto oceano, a vida se torna um inconstante e profundo desengano... quando não tem mais jeito a saudade se apossa de vez, trazendo muitas mazelas as nossas vidas...!

Quando eu sonho e não realizo pelas oscilações da vida, sinto que fica um gostinho de frustração... quando sinto o vazio das lembranças esta presença imaterial machuca muito...!

Quando sinto saudades daquilo que nunca existiu, percebo um vácuo em minhas lembranças... quando esse vento andarilho sopra sua brisa em meu rosto, eterniza em mim o passado...!

Quando sinto a ausência do aconchego dos braços da minha amada, isso dói demais em mim... quando a saudade só traz  na sua realidade a tristeza e melancolia, entendo ela querer me destruir...!

Quando percebo o passado presente na minha vida, vejo que a minha alma está presa lá... quando a saudade me faz chorar com uma dor insuportável a esperança se desvanece...!

Mas, quando a ausência traz a paz tenho a certeza de que soube viver aquele grande momento! Quando o gosto da saudade é doce à certeza do reencontro é inevitável, apesar da distância...!

Quando a saudade suaviza a dor, ela é como um perfume perdido que se achou... quando tudo isso ocorre, é sinal que ainda há um fio de esperança em mim! 

2 comentários:

Filha do Rei disse...

Ausência,,alegria,dor.Tudo faz parte da nossa estrada,vida.E tudo podemos transforma em palavras ,gestos.Tenha lindos dias.Bjs

Lia Noronha disse...

Saudades..é um sentimento doce...e puro...que jorra do coração de quem é verdadeiro...abraços carinhosos e obrigada por seus textos abençoados!!!abraços carinhosos a ti.