sábado, 2 de novembro de 2013

Apenas Sussurre - Prosa Poética


É triste ver tantos desentendimentos, sabe por quê? As pessoas se afastam uma das outras... ficam tão longe que não conseguem mais se ouvirem...!

E se não conseguem mais se ouvirem, então, gritam umas com as outras para serem ouvidas... e por estarem aborrecidas, cada vez os sons de suas vozes ficam mais altos...!

E na medida e quem ficam mais altos os sons de suas vozes, as distâncias também parecem aumentar... a ponto de não mais se ouvirem, agora são dois corações distantes...!

Se são dois corações distantes, mas que um dia foram muito próximos, a falta do perdão os distanciou... aborrecendo quem um dia se amou de verdade, provocando uma viagem sem volta...!

Nesta viagem sem volta, se percebe o quanto é ruim se aborrecer, esse sentimento afasta dois corações que um dia se amaram de verdade... e por isso tanto grito...!

Tanto grito que poderiam ser sussurros, mas a distância não permite... poderiam ser afagos, mas a distância não permite... poderiam ser olhares que dizem muito, mas a distância não permite...!

A distância não permite reconciliação... distância essa fruto dos aborrecimentos que geraram os gritos, que geraram uma larga distância...!

Ao invés de gritar dois corações deveriam apenas segredar, por estarem tão juntinhos... deveriam se unir para as adversidades não interromperem o enlace...!

Não interrompendo o enlace, tudo flui de maneira agradável...  a vida fica mais leve e não há inversão de valores...!

Não havendo inversão de valores os papéis ficam melhores definidos, numa relação saudável e sem exageros...!

Apenas sussurre para que as diferenças venham ser reduzidas... entenda que a sinceridade nem sempre é a verdade e que o compromisso não é só obrigação, ele necessita de cumplicidade...!

Apenas sussurre para os dias serem mais longos e as relações terem a cara da eternidade...!

Nenhum comentário: