quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Sua Ausência - Poesia

A sua ausência me perturba,
Sentimento muito confuso.
A minha vida por ti anula,
Sonhos do meu antigo futuro.

Esperança sortida e perdida,
O meu amor falou mais alto.
A minha fraqueza não anima,
Quero mudar e não consigo.

Loucura achar que se importa,
Às vezes me vejo muito conciso.
Só percebo quando fecha a porta,
Meu agir não está sendo arguto.

Triste solidão que me aguarda,
A ausência me deixou confuso.
Perdido eu estou na vereda da vida,
Depois dessa eu não mais me iludo!

Nenhum comentário: