quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Jesus Cristo, Papai Noel e o Natal. - Mensagem de Texto


            Estando Jesus junto ao monte percebeu uma movimentação diferente e foi verificar do que se tratava. Chegando lá se deparou com um velho gordo vestido de vermelho preparando as renas para mais um natal. Jesus não se conteve e perguntou do que era aquilo:

Olá meu senhor, tudo bem!

Em resposta ouviu que não tão bem assim, pois se encontrava sem tempo para exercer a sua função de enganar as criancinhas mundo afora.

Jesus ficou furioso ao ouvir daquele aparente bom velhinho essa infeliz declaração e rebateu:

Como pode um senhor da sua idade querer enganar as criancinhas da terra;

Eu ganho para isso meu senhor – respondeu-lhe Noel;

Quem está lhe pagando para esta nefasta função – perguntou Jesus;

Em resposta ouviu ser os empresários bem sucedido por todos os cantos. Foram eles os principais responsáveis por toda a minha fama – retrucou Noel;

            Agora entendo a chave de toda problemática, antes as lojas montavam os seus presépios logo na entrada, dessa forma a ternura, a fraternidade e a humildade se mantinham em alta e todos entendiam o verdadeiro significado do natal, o nascimento do Salvador – disse-lhe Jesus;

            Agora tudo mudou o que manda é o dinheiro e, eu faço a economia de todo planeta girar neste período. Essa fantasia preparada pela mídia constrange os papais do mundo inteiro, aí eles têm que se desdobrar para presentear seus sedentos rebentos e ainda dizem que fui eu quem os presenteou – respondeu Noel;

            Essa máquina é muito cruel de todos os ângulos que possamos enxergar – retrucou Jesus;

            É a vida, a luta do dia a dia. Eu conheço a sua história, ela é muito linda, mas não enche a barriga de ninguém – respondeu o velho de vermelho;

            Jesus muito entristecido lhe disse: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus” (Dt 8.3).  “Se eu transformar essas pedras em pães, eu comerei e terei fome de novo, e usarei o poder de Deus para meu bel prazer, incorrendo em pecado. Melhor é nesse momento me alimentar com aquilo que o Senhor me dá gratuitamente, e que sacia também a fome, que é a Sua palavra!”. Portanto o caminho que a humanidade tomou até parece o mais correto, porém não é. A loucura de querer sempre mais faz com que se atropelem e não se respeitem mais, isso tem levado as pessoas ao egoísmo de sempre querer mais e no final nada terá a não ser a sua condenação;
           
Mas quem está preocupado com mundo vindouro, já que não se tem a certeza de sua existência – retrucou Noel;

Maldito do homem que espera de Deus somente nesta terra. Os meus profetas estão em todos os cantos chamando o povo ao arrependimento como um dia fez João Batista em Jerusalém – Disse-lhe Jesus;

As mentes das pessoas estão cauterizadas, o negócio atual é só ostentação. Eu preciso sobreviver nesta crise de identidade do ser humano e não sou culpado de nada disso que acontece no mundo, sou apenas mais uma ferramenta de progresso econômico – tentou se justificar Noel;

Em resposta ouviu: Essa política provoca desigualdade, crianças sem recursos ficam sempre frustradas nesta data por não conseguirem os presentes que desejam. Alguns pais se endividam além da conta para verem os sorrisos de seus filhos neste período e outros entram no crime para adquirir o tão sonhado presente solicitado por eles. Agora quem te inventou é mais culpado do que tu e naquele dia, eu não me esquecerei de nenhum de vocês – finalizou Jesus. 

3 comentários:

Valéria Souza disse...

Olá, Djalma!!!! Há quanto tempo! pois o tempo é muito corrido, porém não esqueci dos meus amigos blogueiros, rsrsrs... E lendo este texto, achei muito curioso e interessante. Jesus é o único personagem desta história, Ele é o aniversariante e inventaram um tal de "papai-Noel". Isto é um insulto. Parabéns!!!! Ah, gostaria de saber se tenho sua autorização para publicar em meu face, se não vou entender. Bjsss.

LENAPENA disse...

Uma mensagem e tanto em seu texto, Djalma. A mensagem de Amor incondicional que ELE veio semear na terra, deveria prevalecer nessa data e em todas as outras.... Um bom dia a vc.

Valéria Souza disse...

Voltando a este espaço, é com grata satisfação, amigo, que republiquei esta mensagem de texto e para minha surpresa, um muçulmano curtiu esta publicação. Estou radiante, para mim foi um presente de Deus. Grande abraço e até breve.