quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

O Significado do Natal - Mensagem de Texto


Um dos símbolos mais marcantes do Natal é a árvore de Natal, geralmente um pinheiro, iluminada com séries de lâmpadas minúsculas e coloridas, munidas de um dispositivo que as faz se acenderem e apagarem intermitentemente. Geralmente, uma estrela brilhante coroa essa árvore, pois ela é outro símbolo do Natal. Mas qual é a origem da árvore de Natal? Várias lendas europeias tentam explicar o motivo porque ela é usada como símbolo do Natal. Na verdade essas lendas estão ligadas quase sempre ao fato de que algum povo da Europa Central ou da Escandinávia adorava árvores. Sacrifícios eram feitos na Escandinávia ao deus Thor, sempre ao pé de alguma árvore bem frondosa.

Os alemães provavelmente foram os primeiros a enfeitarem as árvores de Natal. Eles decoravam as suas árvores com estrelas, anjos, brinquedos, castanhas douradas e bolas envolvidas em papéis brilhantes. Mais tarde eles acrescentaram lantejoulas e velas acesas. Esses costumes foram copiados por outros povos europeus com pequenas modificações, daí passaram para os Estados Unidos, e daí chegaram até o Brasil e todo o resto do mundo.

Quanto ao presépio, segundo a tradição, ele foi introduzido no século XIII, por São Francisco de Assis. Na Irlanda as pessoas deixam uma vela acesa na janela, para iluminar o caminho do Menino Jesus na Véspera de Natal, como se não fosse Ele próprio a Luz do Mundo.

Já a expressão Papai Noel significa literalmente: "bom velhinho". Aquele que entrou sorrateiramente nas comemorações do Natal sem ser convidado. Papai Noel é certamente de origem pagã. Há, contudo, quem ligue o mito de Papai Noel com a lenda de São Nicolau. São Nicolau foi bispo de Mira, na Ásia Menor, no século IV. Tornou-se famoso por sua generosidade; muita gente passou a crer que qualquer dádiva feita de surpresa vinha dele. O povo da Holanda escolheu São Nicolau como patrono das crianças, e a sua fama pouco a pouco se espalhou.

Em vários países europeus as crianças creem que São Nicolau é quem lhes traz os presentes que recebem do Natal. Contudo, muito mais disseminada é a figura do velho gordo, barbudo, bigodudo e sorridente, de cabelos completamente brancos, que vem voando pelo céu guiando um trenó puxado por duas ou mais juntas de renas, que o identifica como proveniente do polo norte, pois é onde se usa trenó, e onde vivem as renas.

Mas no obstante a questão, o real significado do Natal é a celebração do nascimento de Jesus, a Sua vinda a esta terra, como Salvador. Jesus tomou a forma de homem e desceu ao mundo para redimir todas as pessoas do pecado. Pecado, esse, que teve início no tempo de Adão e Eva, que ao desobedecerem a Deus perderam a sua pureza e quebraram o elo que, tão fortemente, os ligava a Deus. Em João 3:16, diz que Deus amou o mundo de tal maneira que enviou o Seu Único Filho Jesus Cristo para nos salvar, porque estávamos perdidos em pecado. Então, foi no Natal, com o nascimento de Jesus, que Deus conseguiu recuperar o relacionamento direto com o Homem, que até então, se encontrava interrompido.

2 comentários:

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Muito bom e esclarecedor o post, a você Djalma, um feliz Natal, e que Deus te abençoe. Abraços

LENAPENA disse...

Sempre adorei enfeitar o pinheiro natural de natal. Mas, também cultivei desde menina, o significado primeiro do natal, a vinda DELE para terra, para ensinar a Lei do Amor universal a humanidade. Linda pagina. Parabéns, por postá-la. Um bom dia a vc.