segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Reciprocidade - Mensagem de Texto



Os gastos excessivos desse governo contrastam com o povo pobre brasileiro. Não somos os mais felizes da terra como dizem, nem tão pouco livres por excelência. Até porque, quem não pode passear com o seu carro, com a sua máquina de fotografar ou mesmo com um celular melhorado não tem o que comemorar neste lugar superviolento. Bunda de fora não representa a nossa nudez, nem mostra o grau de alegria que insistem em dizer que temos, muito pelo contrário, denigre a imagem da mulher brasileira no exterior. O povo precisa acordar e refazer as suas ideias e pensamentos, metanoia completa, pois precisamos dessa mudança de pensamento para termos novas posturas, ações que de fato vão nos levar a um crescimento real na vida. Acabar com essa hipocrisia política existente no nosso meio, esse politicamente correto que só atrapalha, representantes que não nos representam em nada, a reciprocidade com os gringos que nos humilham em suas nações e um completo repúdio a quem nos contraria por conta de migalhas. Chega de sermos o bobo da corte, o macaco de imitação dos norte-americanos. Lugar de palhaço é no picadeiro e nós não temos aptidões para isso, portanto deixemos a meninice que nos assola para tomarmos atitudes maduras contra tudo o que nos afronta e joga pra baixo. O povo brasileiro precisa estudar e não se empolgar com qualquer ação que visa nos desviar dos nossos propósitos institucionais e pessoais. Vejam os eventos musicais da copa, será que não é uma forma de "distração" para nos envolver num plano audacioso dos políticos e melancólico para o povo como um todo. Olá gente! Vamos acordar e deixar de lado o que não interessa, o menos importante fica pra depois, vamos mudar a mentalidade do povo brasileiro fortalecendo a moralidade tão afetada por esses liberais de uma figa, ele só querem se dar bem com a indolência coletiva. Depois não digam que eu não avisei!

Um comentário:

LENAPENA disse...

Um texto super reflexivo, penso que os brasileiros tem muito pouco pra comemorar, tanta violência, sistema de saúde precario, transporte público de baixa qualidade. Penso que pouco temos do que comemorar. Uma boa tarde a vc.