sábado, 10 de maio de 2014

Amante Sedenta - Poesia


O meu amor quando chega é só alegria...
Sinto-me revigorado ao lhe dar carinho,
Fazendo-a se sentir mais confortável ainda,
Com massagens suaves no seu corpo docinho.

Faço-a imaginar estar numa ilha paradisíaca,
Levando calmaria aos seus belos pensamentos...
Não posso invadir sua mente colocando alegria,
Mas crio essas condições em nossos momentos!

Nesse instante único em que eu me transformo,
Esquecendo todo o meu recato e inibição...
Procuro me livrar e livrar-te das nossas roupas,
Para poder beijar-te bastante e com emoção!

Não sabes o poder que tens para me excitar,
E assim fazer com que me sinta mais macho!
A mercê dos seus desejos só quero me entregar,
Pois é isso que sempre espero de você de fato!

Quando vejo essa minha amante muito sedenta,
Percebo que vou desfrutar do seu lindo corpo.
No prazer com ela eu me delicio sem pressa,
Em cada pedacinho sinto a excitação do orgasmo!

Um comentário:

jackie disse...

Que Hermoso el AMor!!!!!! Bello todo lo que escribes., Gracias por compartir. Bendiciones!!