sábado, 17 de maio de 2014

Orgulho - Poesia


Sentimento de orgulho
Simples tolice
Nele só resta desamor
Pelas vidas e coisas
Sentimento assombrado
Leviano e covarde
E endurece o coração
A alma fenece
É só desilusão
A aura escurece
Pura decepção
Olhos altivos
Mãos que ceifam
Ouvidos feridos
Arrogância e soberba
Indivíduo esnobe
Tem o rei na barriga
Não sabe que o mal
Espreita-lhe todo dia
Pode ser rico
Ou até miserável
Não conhece esse cara
Os altos e baixos
A vida que pune
Toda mazela
Não esquece essa gente
Coloca-a na roda
Não conhecem o fim
Do orgulho maligno
A humildade é quem vence
É só olhar para Cristo
Que com seus braços abertos
Está a tudo assistindo

2 comentários:

Evanir disse...

Carinhosamente venho desejar
um feliz final de semana.
Perdoe minha ausência por mais ,
que nos esforcemos nem sempre conseguimos
nossas metas.
Logo Deus haverá de permitir que volte
com mais forma e mais garra.
Um feliz final de semana.
Um Domingo abençoado também.
Beijos ..Evanir.

Lucinalva disse...

Olá Djalma
Cristo é o nosso maior exemplo de humildade. Os orgulhosos sempre perdem. Bjs querido.