sábado, 21 de junho de 2014

Inverno - Poesia


Quando o frio chega o coração aquece
Utopia e lances reais ao mesmo tempo
A neve cai e o meu peito fica quente
O vinho se apresenta a todo o momento

Crianças pedem cobertor para se aquecer
Dormem juntinhas e quentinhas na cama
Agasalho é fundamental para sobreviver
Moletom luvas e tocas entram na dança

A temperatura cai rápida e bruscamente
Começa o longo frio e logo vai chover
O negócio é tomar chocolate bem quente
Assistindo sessão da tarde até anoitecer

A esperança é que logo chegará o papai
Depois de mais um dia de longo trabalho
E vamos todos em família a Deus adorar
Contando que a temperatura vai melhorar

4 comentários:

Filha do Rei disse...

Oi!! O cotidianos transformado em poesia. Parabéns!!
Tenha um abençoado fim-de-semana.Bjs

Mari disse...

Oi,Djalma

Adorei!Também gosto muito do inverno e de toda essa parafernália que tiramos do armário:cobertores,moletons,casacos,meias...
Parabéns pelo blog.Vou linkar no meu,ok?
Abraço

Lucinalva disse...

Olá Djalma
Linda poesia. O inverno é um período ótimo para estar em casa com a família, assistindo um belo filme com pipoca e suco de graviola. Um forte abraço amigo.

Ordem do Saber disse...

Esses são os bons momentos da vida e do frio. Tomar um chocolate quente, ter uma família, e sermos gratos por tudo isso, sempre agindo com caridade, também, para quem não possui o que temos.

Uma boa semana.