sexta-feira, 25 de julho de 2014

Proposta Inusitada - Poesia



Por uma noite apenas queria lhe amar...
Mostrar toda a minha vontade de você!
Não deixe essa oportunidade passar,
Querida! É proposta inusitada pra valer...

Acredito ser você muito bem resolvida,
E jamais correria diante dessa proposta.
Além de tudo é mulher deveras charmosa,
Encaixar-se-ia bem dentro dessa aposta.

Não peço compromisso, só momentos...
Divertir com quem se gosta é mais gostoso!
Serão dois corpos distintos em movimento,
Encare com maturidade esse grande evento.

Nada além de sua linda e apetitosa companhia,
Desejo de breves horas de quentes aconchegos.
Nem cheguei a pensar em curtir um cineminha,
Só quero me deliciar no seu lindo corpo meigo.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Desejo Mais Secreto - Poesia



A noite está fria e o céu todo estrelado...
O seu corpo exala o calor que me aquece.
No toque de suas mãos sinto-me amado...
Noite que passa rápido e tudo se esquece.

O inverno está cruel, mas junto de você;
Na cama com o meu desejo mais secreto.
Sinto o seu hálito no meu grande prazer,
Debaixo do edredom sinto-me completo.

Um bom vinho com as taças na cabeceira,
Entre cada gole começamos a namorar...
Caixa de bombom e cheiro de framboesa,
Junto vamos à cama transar até o sol raiar...

Cada pedaçinho seu eu quero explorar,
Percorrer seu corpo em toques e carícias...
Não adianta mais tentar querer me evitar,
Sou a razão da metade desse sorriso lindo.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Copas Das Copas - Poesia


Enfim, terminou a tal dita copa das copas.
E a "Síndrome de Estocolmo" falou mais alto!
Os muitos brasileiros perdidos as pampas,
Deixaram os hermanos muito magoados...

A convivência cultual do boteco e da gafieira,
Da cachaça, da gíria e da malandragem geral.
Coisas do passado de nossa bela e querida terra.
E as praias, deixaram os gringos, mais que legal.

Que saudade do cronista Nelson Rodrigues,
E do grande João Saldanha com as suas feras...
Tempo de belos jogadores e grandes craques,
Ver essa seleção do Felipão foi só mazela...

Os jornalistas atuais são a maioria hipócrita!
Os caras minaram o trabalho do Mano Menezes.
Queriam o Felipão com a sua família de festas,
Jogadores medianos com tatuagens e brincos.

Essa gente só quer internet e muito dinheiro.
Não pensaram na paixão nacional do pobre povo,
Que colocaram sobre eles as suas esperanças...
Bando de chorões, fracos e sem atitudes, loucos!

A goleada por 7 a 1 para a grande Alemanha,
É coisa hedionda e de intervenção necessária.
Sobrenatural de Almeida jamais imaginava,
Pais do futebol, passar por tanta vergonha!

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Malandragem Perdeu - Poesia


A competência vence a malandragem,
Exemplo para as gerações futuras...
Na vida nada vem fácil como querem,
Não se ganha gingando, mas com luta.

Malandragem perde quando não se atualiza,
Pensa enganar a todos o tempo todo.
Lugar do bom malandro é na escola,
Sabe que a maldade não vence a todos.

O futebol alemão deixou o brasileiro bobo,
A técnica, disciplina tática e o preparo venceram...
O que pensou que iria enganar o outro,
Viveu na ilusão do tempo que o convenceu...

Reflexo da sociedade brasileira atual,
Entre as esmolas e benefícios dos impostos...
Retirados dos trabalhadores da classe média,
Para dar a quem não quer fazer esforço.

Chega dessa péssima geração neném,
Pessoas que não lutam para melhorar...
Levar vantagem é coisa “vila rica” do Gérson,
Mas para nós, não pode mais nos diferenciar.

Mudança já “urgente” no Brasil!
Não podemos mudos assistir mais ninguém!
O mau exemplo tornou-se mais viril,
Por causa do silêncio dos bons, que sofrem!

O voto é a nossa arma principal e obrigatória,
Para assim mudarmos o que não está bom!
As lábias falaciosas não podem ser boa oratória,
Mas um plano democrático soa um belo tom.

Mostra sua força Brasil e dê volta por cima,
Enche as ruas com seus bons propósitos...
Futebol hoje, só engana os bobos ainda...
Mas o que estudam não dão mais crédito.

domingo, 6 de julho de 2014

Dura Vida - Poesia


Nos altos e baixos desta vida,
Tentamos sempre nos encontrar...
No dito destino da ação desmedida,
As tentações querem nos confrontar!

O ontem já passou o amanhã já vem...
Mas a guerra é contra o leão de hoje,
E nem tudo o que aparece me convém...
Mas a prudência é que me absolve!

A vontade de querer ser muito amado,
Leva-nos aos desatinos das adversidades.
E nem tudo que reluz é o ouro desejado,
Mas na obra do acaso aparece a realidade.

Como diz a música, e sem vergonha alguma.
Devemos ser eternos aprendizes da vida.
Sabendo que ela deveria ser sem traumas,
E a dureza existente não a deixa ser só bonita.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Devemos Confiar Sempre - Mensagem de Texto



A confiança pessoal tende a reduzir quando as coisas dão errado na vida. A luz que costuma trazer a paz parece assustar, pois a claridade mostra todas as falhas que a escuridão das trevas insiste em esconder. Assim é a vida diante das pequenas coisas que nos torturam diariamente, os imbróglios arrumados, de forma inconsequente, é claro, se acumulam deixando para trás momentos de infelicidade durante a caminhada, e isso, fará muito mal no futuro se não houver uma cura total na consciência deste ser. Saiba que, o olhar fixo para o chão mostra toda humilhação do errante caminho escolhido, mas ainda há uma saída! Pois, assim como a natureza se renova com o tempo, nós também podemos nos renovar, até porque, somos parte dela. Mas a metanóia é necessária para transformação da pessoa, a mudança de mente fundamentaliza toda vontade de querer se renovar. Veja como é o ciclo das estações do ano, eles mostram bem as semelhanças com o ciclo humano, as folhas caem no outono para que as árvores possam sobreviver o inverno, depois vem a primavera com as flores preparando a natureza para o ápice do verão, onde todas as criaturas vão desfrutar do melhor do planeta, e assim também somos nós, passamos pelas dificuldades da vida para no final podermos triunfar com dignidade. Portanto, esteja atento quanto a semelhança do direito penal, onde existe a subscrição do crime com fins de proteger alguém que cometeu erros no passado, mas deixou para trás esses momentos nada legal, ela entende ser ele outra criatura digna de uma segunda chance, assim ocorre também com a lei de Deus, quando a pessoa foge do pecado procurando ter vida santa, Deus não leva em consideração o velho homem, ele já o transformou numa nova pessoa. E mesmo sendo muito questionadas essas decisões, o que vale é a pessoa em si, um ser humano vale muito para Deus e deve valer também para nós, pois, um ser humano leva muito tempo para ser construído e não deve ser jogado fora por qualquer transtorno de um passado distante, contudo devemos errar o mínimo possível para depois não termos que catar os cacos espalhados pelo chão.